[apoiadores] Meu terceiro apoiador: Lauro, o vendedor da praia.

Em uma terça-feira de dezembro, recém-chegada em Salvador, cá estava em na praia do Porto da Barra com uma chuva que não passava. Cerca de duas horas depois o meu querido sol aparece é, estava sofrendo em Florianópolis, ou não tinha sol ou tinha sol e eu não podia ir
Esse foi o dia que saí de casa com o espírito de conversar com quem me desse trela na rua, o que ocasionou em eu conhecer Ricardo, o cara que cuidava das cadeiras/serviço de praia onde eu fiquei e Lauro, o vendedor de bolsinhas (estilo pochete para carnaval, para colocar embaixo da roupa). Hoje o protagonista da história será Lauro, aquele que parou para ouvir minha história da África.
Estávamos eu, Tunísia e Louise quando eu vejo Lauro passando com as bolsinhas lembrei automaticamente do carnaval e também lembrei da Duda que vem pra cá pela primeira vez curtir: seria bom ela adquirir uma dessas e automaticamente eu perguntei o preço, até para sondar o valor, já que eu ainda tenho a minha dos tempos de foliona mas nem sei por quanto comprei. O material das bolsas de Lauro são mais resistentes, fazendo com que eu ficasse mais curiosa para saber o preço.
Pergunto o preço e ele me fala que custa 5 reais, mas que faria por 4 reais para mim. Bem como não estava interessada em comprar naquele dia a bolsinha, recusei, mas mesmo assim começamos a conversar. Conversa vai, conversa vem, chegamos na África. Comecei minha lábia para transformá-lo de vendedor a apoiador da minha causa, e uma vendedora de camisas com estampas artesanais de mulheres africanas para para participar da conversa.
Percebi que ainda conhecemos tão pouco sobre o continente que alguns falam que é país que temos raízes…percebi o quanto eu ainda não sei quase nada sobre a África. Mas fiquei feliz! Fiquei feliz pelo fato de terem pessoas abertas a conhecer o desconhecido, de ser curiosos e tentar, falar errado e ouvir para se informar. Foi uma experiência muito boa e, olha, na praia…eu não daria nada por esse dia e me surpreendi.
Me surpreendi mais ainda quando Lauro, após nossa intensa conversa sobre a África e meus anseios, ele pegar a bolsinha e dizer: toma, essa é para colocar seu passaporte e seu dinheiro quando você viajar. Ah, como eu fiquei feliz. Feliz por alguém, nos tempos de hoje, se sensibilizar com uma história de uma desconhecida e ajudar, doar.
Enfim, Lauro, saiba que você não passará despercebido. Saiba que naquele dia você ganhou uma pessoa que vai lembrar de você e vai te passar energias positivas. Meu muito obrigada a você.
Beijos.

2 comentários sobre “[apoiadores] Meu terceiro apoiador: Lauro, o vendedor da praia.

  1. Grotes(tentei te chamar de outra forma mas nao consigo, desculpa :P)
    Estou adorando a ideia do seu blog e ja estou curiosa para ler os próximos capítulos.
    Gostei muito desse primeiro post que li pois assim como vc fico “Feliz por alguém, nos tempos de hoje, se sensibilizar com uma história de uma desconhecida e ajudar, doar”, sabe? Pois isso renova as minhas esperanças de que podemos sim viver um dia num mundo melhor, porque o mundo ta cheio de gnt boa!
    Enfim, tudo de bom pra você! Sucesso nesse seu projeto massaaaa! Beijos Ilua

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s