Brasil e Ruanda: Positivo BGH* abre fábrica em Ruanda!

Fiquei intrigada por não saber muito sobre a abertura de uma fábrica brasileira em Ruanda (imagina outros negócios brasileiros que, possivelmente, existem lá). Busquei em alguns sites (especialmente entrei em contato via Facebook com a Positivo) para saber mais sobre como se deu isso mas…sem muitas informações.

O que se sabe é que a Positivo abriu uma fábrica de tablets e computadores em Kigali, capital de Ruanda. Segundo o site da Revista Exame, o uso dos aparelhos serão destinados para estudantes do ensino fundamental e médio. Além disso,

“Enxergamos a África como um mercado muito interessante para ofertarmos tecnologia de qualidade a preços acessíveis, com já fazemos no Brasil, Argentina e Uruguai”, disse Hélio Bruck, presidente da Positivo no Brasil, em nota.

Para mais informações, acesse a matéria da Exame. Procurei no site do Governo de Ruanda ou da Positivo mas sem informações.

* Positivo BGH: joint-venture formada pela empresa Positivo e BGH.